rir da guerra

3ª, 12 junho, 22h00 entrada livre
“Catch 22”, de Mike Nichols (117’)























“Artigo 22”, uma sátira feroz da guerra, foi proibido em Portugal até 1974, o que não deixa de ser um sinal de alguma 'sensatez' da parte dos dirigentes fascistas que viram logo como este filme desmascarava o absurdo da guerra, a sua suposta inevitabilidade e a sua evidente inutilidade. Pelo menos para o seu propósito oficial, pois é neste filme também que vemos mais cruamente exposto o fim puramente economicista da guerra. Um filme, realizado em 1970, onde tudo e todos andam em círculos, perdidos no tempo de uma guerra cujo fim é não acabar. Quando morre um adolescente, diz o capitão Yossarian que já era velho, pois ninguém fica mais velho que morto.

ciclo RIR DA GUERRA
projecções-conversa

3ª, 19 de Junho
“Dr Fígado”, de Shohei Imamura
(Japonês leg. português)

3ª, 26 de Junho
“Duck Soup”
, dos Irmãos Marx
(Inglês leg. português)

3ª, 3 de Julho
Sketch de “O Sentido da Vida”, dos Monty Python
(Inglês leg. português)

“A Bomba”, de Peter Watkins
(Inglês leg. francês)

3ª, 10 de Julho
“Os Carabineiros”, de Jean-Luc Godard
(Francês leg. inglês)

3ª, 17 de Julho
Curta metragem in 9.11, de Samira Makhmalbaf
(Iraniano leg. português)

“Kandahar”, de Mohsen Makhmalbaf
(Iraniano leg. português)

1 comentário :

enxofre disse...

muito bom, este catch 22!